Dia dos namorados: sugestão de alimentos e cardápio para jantar romântico

Jantar afrodisíaco de dia dos namorados

O Dia dos Namorados é uma data em que os bares e restaurantes ficam cheios e por este motivo muitos casais acabam adiando a comemoração ou então preparam um jantar especial em casa mesmo. Este ano, em que 12 de junho será no sábado, a disputa por lugares românticos será maior ainda.

Para apimentar um pouco mais a data, o Dr. Carlos Reginato, médico especializado em nutrologia, dá dicas de alimentos afrodisíacos para incluir na dieta e que dão um up na libido, função sexual e estimula o desejo. Aponta também os que apresentam efeito contrário. E para ajudar os casais apaixonados que quiserem fazer a comemoração em casa, sugere alguns cardápios para a refeição especial que prometem tornar a noite caliente.

“Os alimentos considerados afrodisíacos, são aqueles que dilatam os vasos sanguíneos, fazendo com que a circulação do sangue aumente. Na vagina, este efeito reflete no maior relaxamento da região e no pênis faz com que a ereção dure mais tempo. Além disso, consegue aumentar o nível de testosterona, hormônio responsável pela libido”, explica o médico.

Os alimentos ricos em proteínas, boas gorduras e os carboidratos de baixo índice glicêmico, são excelentes fontes de energia de longa duração, assim fornecem o gás necessário para um ato sexual mais demorado. Já os alimentos antioxidantes combatem os radicais livres, evitando a queda de energia no organismo.

Nesse Dia dos Namorados, faça um jantar romântico para o seu amor e utiliza alimentos afrodisíacos da receita,
Nesse Dia dos Namorados, faça um jantar romântico para o seu amor e utiliza alimentos afrodisíacos da receita,

Dr. Carlos ressalta que “É importante lembrar que alguns alimentos não possuem efeitos imediatos, por isso o ideal é adicionar os ingredientes abaixo nas refeições ao menos 1 semana antes da data. E, claro, mantê-los no dia da comemoração”.

1.  Abacate: Fonte de energia de longa duração, porém não pode ser consumido em excesso, devido a quantidade de gordura.
2.  Amêndoa: Rica em zinco, selênio e vitamina E, que são minerais importantes na produção enérgica.
3.  Aspargo: Rico em folato, um precursor da histamina, responsável pela libido.
4.  Banana: Fonte de potássio, mineral essencial para a contração muscular que ocorre durante o ato sexual.
5.  Chocolate amargo: Possui feniletilamina, que é um substrato precursor das endorfinas, que são os hormônios do prazer.
6. Frutas cítricas: São antioxidantes, por isso combatem os radicais livres que prejudicam a ação dos hormônios sexuais.
7. Gengibre: Além de prolongar a ereção, suas substâncias estimulam a lubrificação feminina.
8. Pimenta: Além de aumentar a circulação sanguínea e a frequência cardíaca, as pimentas estimulam órgãos genitais gerando uma sensação de excitação.
9. Salmão: Rico em Ômega3, colabora com o fluxo sanguíneo, extremamente necessário para o ato sexual, pois ajuda na ereção e lubrificação vaginal.
10. Vegetais verdes: São ricos em magnésio, mineral responsável por fornecer mais energia celular, colaborando para o desempenho sexual.
11. Vinho tinto: Excelente antioxidante, pois possui resvetrol, combate radicais livres, colabora com a vasodilatação, melhorando assim o fluxo sanguíneo. Não deve ser consumido em excesso, pois a bebida alcoólica pode levar a uma sonolência profunda.

Há também os alimentos vilões, que podem diminuir a libido a atrapalhar a relação sexual. As opções com farinha branca, e outros carboidratos simples são fontes de energia imediata e facilmente se transformam em gordura, o que pode atrapalhar no desempenho sexual e prejudicar a produção hormonal. Além disso, causam também pico glicêmico, gerando um fenômeno chamado glicação, que pode danificar as hemácias produtoras de energia.

Sugestão de cardápio para jantar afrodisíaco no dia dos namorados:

 

Entrada:
Salada de rúcula com morangos e amêndoas
Ou
Guacamole apimentada

Prato Principal:
Salmão assado com aspargos no molho de pimentas e arroz integral com amêndoas
Ou
Atum selado com gergelim e purê batata doce

Sobremesa:
Mousse de chocolate amargo com pedaços de bananas
Ou
Pudim de bananas com calda de chocolate 70% cacau

Bebida:
Vinho tinto
OU
Suco de limão siciliano com pimenta rosa

_
Dr. Carlos Roberto Reginato

CRM 149181 – SP

Dr. Carlos Reginato é especialista em Nutroendocrinologia pela Faculdade Inga e em Nutrologia pela ABRAN. Formou-se em Medicina na Escola de Ciências Médicas de Volta Redonda – Rio de Janeiro. Atualmente, cursa pós-graduação em Medicina do Esporte pela Uningá.

Possui cursos em Nutrologia Esportiva, Modulação Hormonal, Personalização da Dieta, Fitoterapia, Nutrigenética, Nutrigenômica e Medicina Quântica. Participou também de diversos congressos na área da Nutrologia, dentre eles o XVII Congresso Brasileiro de Nutrologia e o X Anual Meeting International Colleges for Advancements of Nutrition.

Já trabalhou em hospitais de referência, como o Hospital São Luiz e atualmente atende em consultório próprio em São Paulo e Alphaville, onde realiza seus atendimentos com foco em emagrecimento saudável, hipertrofia, performance física, qualidade de vida e medicina preventiva.

_

3 Comments

Leave a Reply

Your email address will not be published.